Início > Comportamento > Hábito.

Hábito.

We first make our habits, and then our habits make us. 

John Dryden

Criar (ou mudar) comportamentos não é das tarefas mais fáceis. Sou da opinião de que um hábito só deve ser enaltecido quando escolhido conscientemente. Quando essa escolha tiver propósito.

A tecnologia nos ajuda no processo para a consolidação dessa opção comportamental. Meu amigo Vernon me indicou o site http://habitforge.com. Ele serve para gerenciar a “forja” de um condicionamento que você determinar.

Você pode, por exemplo, configurar o hábito de fazer sua prática diária do Método DeRose, de correr, de escrever, etc. O programa estabelecerá 21 dias para sua criação e você será cobrado por um e-mail perguntando se fez o seu “dever” no dia anterior. O mais interessante é que voltará a estaca zero se quebrar a rotina.

Vale a pena experimentar.

Raphael Cagnotto

Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: